Você está aqui: Página Inicial Campi Pronatec PRINCÍPIOS NORTEADORES

Princípios Norteadores do Pronatec Bolsa-Formação no IF Fluminense

 O Instituto Federal Fluminense faz parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e está presente, através de seus campi, em sete municípios do interior do Estado do Rio de Janeiro. Com o plano de expansão do governo federal, mais três campi entraram em construção, um no Noroeste Fluminense e outros dois na região Metropolitana.

 A expansão dos Institutos Federais faz parte de um projeto de mudança da realidade de vida dos brasileiros e tem como desafio oferecer uma formação diversificada e construir uma escola para o trabalhador. A implantação dos programas Pronatec, Mulheres Mil, Proeja e Certific representam esta mudança. Ao assumi-los, o IFF vem compartilhando seus espaços educativos, exercitando a escuta e aprimorando o diálogo com a sociedade por meio de seus representantes.

 Desde 2011, o IF Fluminense atua pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o Pronatec Bolsa-Formação, cujos objetivos são a expansão, a interiorização e a democratização da oferta de cursos de formação inicial e continuada (FIC) e de educação profissional técnica de nível médio, priorizando os públicos em situação de vulnerabilidade social, e buscando diminuir as desigualdades de gênero e de oportunidades.

 Para tanto, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica ofertará, a partir de 2014, o Programa Mulheres Mil através do Bolsa-Formação Pronatec, possibilitando o fortalecimento das políticas de educação profissional e inclusão social.

 Através dos cursos Pronatec Bolsa-Formação, o IF Fluminense promove a qualificação, a requalificação, o aumento da escolaridade e a formação de cidadãos aptos para a inclusão produtiva — inclusive através do cooperativismo e associativismo —, resgatando os sonhos de brasileiros tradicionalmente afastados de possibilidades de inclusão ao conhecimento, à tecnologia e à inovação gerados nos Institutos.

 No Instituto os princípios da inclusão e emancipação do trabalhador norteiam e impulsionam o desenho de suas ações no sentido da busca pela garantia dos direitos dos jovens e dos adultos, homens e mulheres, que desejam traçar itinerários formativos com qualidade e com poder transformador de sua realidade, ocupando os espaços da vida digna e contribuindo para uma sociedade mais justa e cidadã através do desenvolvimento humano, econômico e político do seu território e do país.

Ações do documento